4.
VIGILÂNCIA, MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

Princípio

Organizar a vigilância do câncer por meio da informação, identificação, fiscalização e avaliação das ações de controle do câncer e de seus fatores de risco e proteção.

Diretrizes

  • Monitoramento dos fatores de risco para câncer, a fim de planejar ações para prevenir, reduzir danos e proteger a vida;
  • Para o planejamento, monitoramento e avaliações das ações e serviços para a prevenção e o controle do câncer, utilizar, de forma integrada, os dados e as informações epidemiológicas e assistenciais disponíveis, produzidos;
    • Pelos sistemas de informação do SUS, dentre os quais os de mortalidade, morbidade, procedimentos ambulatoriais e hospitalares;
    • Pelos registros do câncer de base populacional e hospitalar;
    • Pelos inquéritos e pesquisas populacionais;
    • Pelas estatísticas vitais, demográficas e socioeconômicas brasileiras;
  • Implementação e aperfeiçoamento permanente da produção e divulgação de informações;
  • Monitoramento e avaliação do desempenho e dos resultados das ações e serviços prestados nos diversos níveis de atenção à saúde;
  • Monitoramento e avaliação da acessibilidade aos serviços de saúde, do tempo de espera para início do tratamento e da satisfação do usuário;
  • Realização de pesquisas ou inquéritos populacionais sobre a morbidade e os fatores de risco e de proteção contra o câncer;

Normas relacionadas a esta diretriz